Consumir um copo de vinho todos os dias é prejudicial à sua saúde

Um estudo recente sobre os efeitos do consumo regular de bebidas alcoólicas mostrou que, por menos que sejam ingeridas, ainda assim representam riscos negativos para o corpo humanos. Portanto, os resultados deste estudo rejeitam a ideia de que o álcool consumido, mesmo em pequenas quantidades, pode não afetar negativamente o corpo. Logo, seria melhor simplesmente abster-se totalmente do consumo de álcool caso você não queira colocar sua saúde em risco. Contrário à crença popular, beber um copo de vinho todos os dias não tem, de acordo com este estudo, nada benéfico para o corpo. Não importa quanto seja ingerido, o risco é real para a saúde. Um estudo dedicado à frequência e ao impacto das bebidas alcoólicas, que questiona todas as afirmações de que o álcool consumido com moderação é inofensivo para o organismo. Seja cerveja, vinho, etc., o consumo dos mesmos está, portanto, colocando sua saúde em risco.

Resultados confusos sobre o consumo de álcool

Advertisements
Advertisements

A Lancet , uma revista médica, divulgou recentemente os resultados sobre um estudo realizado em público em geral. O objetivo deste estudo foi determinar como o consumo de álcool poderia afetar o corpo com base na quantidade em que foose ingerido. Um estudo que envolveu quase 196 países durante um período de quase 24 anos. Foi revelado que muitas mortes estão ligadas ao consumo de álcool. 33% dos usuários de álcool morrem a cada ano devido aos problemas de saúde que o consumo dessas bebidas cria para eles. Uma classificação de gênero observa que a taxa de mortalidade ligada ao consumo de bebidas alcoólicas é de quase 3% entre as mulheres, enquanto entre os homens esse percentual tende a 7%. Para as pessoas que pensam que um copo de álcool por dia não tem efeito, os resultados a seguir provarão o contrário. De fato, ficou provado que o consumo diário de um copo de álcool gera riscos de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, câncer e outras doenças graves em até 0,5%.

Álcool aumenta risco de morte prematura

De acordo com as pessoas que conduziram este estudo, o álcool apresenta enormes riscos à saúde. E os números fornecidos por este estudo demonstram a veracidade dessas declarações. Um cruzamento entre os resultados desta pesquisa e os realizados anteriormente mostra que o consumo de álcool influencia positivamente o risco de morte prematura, de acordo com os pesquisadores. Como prova, o álcool foi considerado o sétimo fator causador de morte e doença grave. Não consumí-lo, portanto, previne consideravelmente essas doenças. Apesar desses resultados negativos, o consumo de álcool em todo o mundo é bastante alto, com homens consumindo muito mais que mulheres. O álcool é um assassino que está causando estragos no mundo todo. Este estudo tornou possível contar quase 100.000 mortes por ano em todo o mundo, se considerarmos tomar uma única bebida por dia.

Advertisements