Os 3 melhores filmes de James Bond de todos os tempos

James Bond começou sua carreira como o herói de uma série de romances de espionagem escritos pelo ex-oficial da inteligência naval Ian Fleming. Desde que o primeiro filme foi lançado em 1962, a série cresceu e se tornou uma das mais antigas e bem-sucedidas de todos os tempos, com vendas de mais de US $ 7 bilhões. Aqui estão os 3 melhores James Bond de todos os tempos.

1. A Serviço Secreto de Sua Majestade (1969)

Apesar de ser aquele que parece ter sido esquecido, 007 A Serviço Secreto de Sua Majestade está marca a estreia do agente 007, James Bond. Nesse filme, não foi apenas a primeira vez que Bond se apaixona, mas também a primeira (e até agora, a única) vez que ele se casa.

Advertisements
Advertisements

Além disso, esta é a primeira vez que vimos Bond interpretado por alguém que não fosse Sean Connery.  Possivelmente a razão pela qual continua a ser uma das produções mais injustamente esquecida. É verdade que o sucessor de Connery, George Lazenby, não consegue se colocar no lugar de Bond com muita facilidade, e há momentos no filme em que sua interpretação é miseravelmente difícil. Mas o personagem está aqui com muita força. Esse papel é praticamente à prova daquele ator. Tudo o que Lazenby carece é mais do que compensado pela dinâmica Diana Rigg como Tracy Draco, a adorável, mas autodestrutiva filha de um mafioso que mais tarde se tornaria a fugaz Sra. Bond. Tendo desafiado praticamente todas as convenções já estabelecidas na série, o filme continua a quebrar o molde ao colocar amantes condenados contra o projeto mais ousado de Blofeld, que usa uma clínica de alergia como fachada para transformar um bando de lindas mulheres como portadores vivos de uma arma biológica. Adicione a isso algumas acrobacias de tirar o fôlego que tiram o máximo proveito do cenário dos Alpes cobertos de neve, e você tem o melhor filme de Bond de todos os tempos.

2. Goldfinger (1964)

Como vamos falar apenas de três dos filmes, um dos filmes de James Bond que é um clássico é , com cereza, Goldfinger. O retrato de Connery é tão fácil de entender que ainda está, 50 anos depois, inextricavelmente ligado ao seu papel.

É o retrato definitivo de 007 – descontraído e perigoso ao mesmo tempo – que é uma das muitas alturas a serem alcançadas nesta produção quase perfeita. Do diálogo eminentemente citável (“Não, Sr. Bond, estou esperando que você morra!”), Aos vilões memoráveis (quem pode esquecer o capanga mudo Oddjob, com seu chapéu-coco de aro de navalha?), É realmente Bond no que ele tem de mais icônico. Na verdade, muito do que definimos como “James Bond” vem direto deste filme: o duplo (e às vezes único) significando convenções de nomenclatura das Bond-girls, os charmosos e peculiares dispositivos espiões de Q e o enredo recorrente de um vilão tentando obter o monopólio global de um recurso precioso. Mesmo os meios pelos quais os personagens alcançam seus finais prematuros – que em Goldfinger incluem a morte por tinta dourada, sendo sugados da janela de um avião e esmagados em um compactador de lixo, entre outras coisas – mostram uma criatividade maligna que estabeleceria o padrão ouro para os futuros filmes de Bond. A espada de dois gumes desse sucesso inicial, é claro, é que, ao tentar replicar as muitas coisas que Goldfinger fez bem, as próximas duas décadas veriam a série estagnar em vez de inovar – para algumas exceções notáveis …

3. 007 Operação Skyfall (2012)

Esse é o 23º filme da fraquia 007 e foi o terceiro protagonizado por Daniel Craig na pele do agente James Bond.  A trama acontece quando a identidade dos agentes é revelada por Patrice que roubou um disco duro na Turquia com a identidade dos agentes. James Bond tem que seguir a trilhar de Raoul Silva após um ataque ao M16.

Esse ataque tem um cunho bastante pessoal e trata-se de uma vingança realizada por pelo ex-agente Raoul Silva a M com quem teve um relacionamento um tempo antes.  Seu objetivo era humilhar, e finalmente, matar M. Mais tarde, a indentidade verdadeira de Silva vem à tona, e ele é nada menos que Tiago Rodriguez, que após um acordo de M com o governo, foi deixado na China onde ele foi preso e torturado. Ele tentou se matar, mas acabou ficando com graves deformações na boca. M and Bond vão para Skyfall na Escócia onde tentam capturar Silva. Em Skyfall, M é ferida. Silva consegue capturar M e pede que ela mate os dois. Bond chega no último momento e atira uma faca nas costas de Silva, acabando com a vida do ciberterrorista.

Advertisements
Advertisements

About us at Soolide.com

Soolide.com is a leading digital entertainment platform seeking to provide you with captivating and engaging content. Whether you are a fan of heartwarming stories or simply a curious reader interested in the latest trends, you will be left satisfied.
Soolide.com covers many subjects and includes some of your favorite categories (such as people, travel, health and pets) across 9+ languages. Follow us on social media and stay tuned for the latest trending topics.
Shoot out to you; our lovely readers: Make sure to connect with us if you would like to write for us or submit stories. Our content team is always on the lookout for more engaging contents people loves.