Carreira de jovem estrela do salto com vara terminaria com uma foto inocente

Colabore com GoPro

Podemos também brilhar no novo campo escolhido porque tudo depende do trabalho realizado e da vontade que temos. Podemos trabalhar sem esquecer a nossa primeira carreira neste campo porque ambos podem dar certo. Allison Stokke pode ter se tornado uma modelo de roupas esportivas, mas o salto com vara ainda fazia parte de sua carreira. Ela começou a trabalhar com a GoPro, gravando uma série de vídeos de seu salto com vara com a câmera acoplada a seu equipamento.

Advertisements
Advertisements

 Os vídeos foram criados para mostrar o que é ser um salto com vara e mostrar as habilidades únicas do equipamento de câmera de ação. A série de vídeos recebeu milhões de visualizações no YouTube, tornando-se um grande sucesso para GoPro e para a carreira de Allison. Com seu sucesso como modelo de roupas esportivas, sua carreira no salto com vara parecia finalmente ter chegado ao fim.

O salto com vara

Um campeão nunca deve desistir mesmo que tudo dê errado e quando você faz algo com amor é muito difícil desistir porque há conforto no final do esforço para estar sempre perseverante. No esporte principalmente, uma vez que o atleta começa a competir, é muito difícil retrocedor e não atuar mais. No que se trata do salto com vara, ainda mais, por que o número de atletas bem preparados nesse esporte é muito limitado.

Embora não tenha se classificado muito bem no ranking nacional, Allison Stokke continuou a competir regularmente em competições nacionais de atletismo. Em 2016, ela ficou em oitavo lugar na competição Chula Vista OTC High Performance. Ela conseguiu se sobressair ainda mais no ano seguinte, alcançando o terceiro lugar no Austin Longhorn Invitational 2017. Allison Stokke tinha algum negócio inacabado como competidora? Haveria outra chance nas Olimpíadas para a atleta de 28 anos?

Advertisements
Advertisements